whats (43) 9 9156.9145

Crônica de uma noite inesquecível

Crônica de uma noite inesquecível

A estreia do circulasons, com apresentação de Lívia Nestrovski & Frederico Ferreira e Ná Ozzetti & José Miguel Wisnik, ontem (dia 20), foi daqueles shows que nos acompanham de volta para casa e ficam na memória como uma companhia prazerosa.

A voz de Lívia, forjada nas mais diferentes técnicas, é capaz de soluções impressionantes. Quando parece entrar em um beco sem saída, eis que surge uma nota improvável e surpreendente para escapulir e acariciar o ouvinte. Lívia tem uma capacidade imensa para o improviso, mas seus recursos não caem no mero virtuosismo porque estão a serviço da emoção, que brotou feito um rio e inundou a sala do Ouro Verde.

Importante destacar o trabalho de Fred Ferreira, instrumentista, compositor e arranjador cuja guitarra surge desprovida de clichês, trabalhando como um laboratório de timbres, ritmos e harmonias intimamente enlaçados ao canto de Lívia. Tudo tratado com a ponderação do silêncio, elemento fundamental para o trabalho artesanal e profundo que eles desenvolvem.

Ná Ozzetti e Zé Miguel Wisnik entraram em seguida com a excelência característica. Ela, cada vez mais sábia no trato da voz, fugindo dos exageros com uma interpretação limpa e emocionante. Simples e poderosa, Ná Ozzetti segue cada dia melhor.

Com uma habilidade fora do comum para juntar letra e música, Zé Miguel Wisnik é autor de canções capazes de surpreender os ouvidos pelos rumos inesperados, mas sempre bem resolvidos, polidos e acabados. São canções plenas de naturalidade, mesmo quando nascidas da poesia, até mesmo pela cumplicidade com Ná.

Vale ressaltar a qualidade do som. Parecia não haver um intermediário eletrônico entre instrumentos, vozes e público.

O encontro final dos quatro foi impactante. Os duetos de Lívia e Ná marejaram nossos olhos naquele Ouro Verde imerso em sentimentos que nos guiaram de volta para casa e estão aqui, bem guardados. Já fazem parte da gente e seguirão conosco, porque é esse o caminho.

Agradeço por fazer uma pequena parte dessa história, integrando a equipe batalhadora reunida pela incrível Janete El Haouli.

Fotos: Rei Santos

Leave a Reply